Maurício Val/Divulgação - 7/11/2010
Maurício Val/Divulgação - 7/11/2010

Léo Moura mostra confiança na salvação do Flamengo

'Nosso dever é vencer o Guarani. Não podemos depender dos outros', afirmou o lateral

AE, Agência Estado

19 de novembro de 2010 | 12h17

Faltando apenas três rodadas para o final do Campeonato Brasileiro, a luta contra o rebaixamento está cada vez mais intensa. Ocupando a 14ª colocação, com 40 pontos, o Flamengo depende apenas de seus próprios resultados para permanecer na Série A, mas não esconde a torcida contra os rivais da parte de baixo da tabela.

Veja também:

linkDiogo promete vitória do Flamengo sobre o Guarani

"Lógico que observo a tabela, vejo os resultados que podem ajudar, mas isso não adianta se não fizermos nossa parte. Nosso dever é vencer o Guarani. Isso que vai nos ajudar. Não podemos depender dos outros", declarou o lateral Léo Moura, concentrando no próximo jogo do Flamengo, neste sábado, no Engenhão.

Léo Moura passou por situação semelhante no ano em que chegou ao clube. Em 2005, o Flamengo também lutava contra o rebaixamento, mas a situação era ainda pior, já que a equipe ficou boa parte da competição entre os quatro últimos colocado e não dependia apenas de suas próprias forças para escapar.

"Hoje a situação é muito mais confortável. Só dependemos de nós para sair dessa situação e afastar logo da parte de baixo da tabela. Tenho certeza de que faremos um bom jogo. Respeitamos muito o Guarani, mas vamos lutar pelo nosso resultado, que é a vitória", afirmou o lateral titular do Flamengo.

Depois de enfrentar o Guarani, um adversário direto na luta contra o rebaixamento - está em 18º lugar, com 37 pontos -, o Flamengo ainda fará mais duas partidas no Brasileirão. Recebe o Cruzeiro em Volta Redonda e visita o Santos na Vila Belmiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.