Léo Moura pede 'inteligência' ao Flamengo diante do ASA

O Flamengo se prepara para encarar o ASA nesta quarta-feira, no Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca (AL), pela terceira fase da Copa do Brasil. Para o lateral-direito Léo Moura, um dos líderes do elenco flamenguista, o time carioca precisará jogar com "inteligência" para voltar de lá com um bom resultado.

AE, Agência Estado

08 de julho de 2013 | 16h21

"Já estive lá (no Estádio Coaracy da Mata Fonseca). Sei o quanto é difícil e a pressão é normal. Temos que jogar com inteligência e não sair afobados para o ataque, até porque ainda terá o jogo da volta (no dia 17 de julho). Mas vamos tentar fazer um bom resultado em Arapiraca porque será importante para nós", disse Léo Moura.

A lembrança do lateral vem de 2006, quando o Flamengo empatou com o ASA em Arapiraca no começo da campanha que lhe deu o título da Copa do Brasil. "Em 2006, tivemos a felicidade de ganhar a Copa do Brasil jogando contra essa equipe logo no início. Lembro que a pressão foi bem grande no início do jogo. Se a gente conseguir segurar os primeiros 15 minutos, a partida tende a ficar mais fácil. Foi isso que fizemos naquele ano", contou Léo Moura.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoLéo Moura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.