Léo Moura prevê 'choradeira danada' na despedida em amistoso do Flamengo

Dez anos depois de começar uma trajetória marcada por títulos e que o tornou ídolo rubro-negro, o lateral Leonardo Moura se despede nesta quarta-feira oficialmente de seu clube, no amistoso entre Flamengo e Nacional, do Uruguai, no Maracanã. No evento, Léo será homenageado por outro ídolo do clube, Zico, de quem receberá uma placa. "Para mim é motivo de orgulho. Tenho certeza que não vou conseguir segurar a emoção", disse, nesta terça, em entrevista no Ninho do Urubu, referindo-se ao encontro com Zico.

Estadão Conteúdo

03 Março 2015 | 19h08

O Nacional não vem ao Rio muito disposto a estragar a festa do jogador. Vai a campo com um time misto, com destaque para o goleiro Jorge Bava, ex-seleção do Uruguai, e os atacantes Gonzalo Bueno e Rodrigo Amaral. Pelo amistoso, o clube receberá cerca de R$ 300 mil.

Léo Moura, com 516 jogos pelo clube, está se transferindo para o Fort Lauderdale Strikers, dos Estados Unidos, onde atuará como meia. Ele disse que pretende encerrar a carreira no Flamengo, nem que sua volta seja por apenas um jogo. O atleta falou de seu sentimento para a despedida. "Vai ser uma choradeira danada. Estou triste por um lado, por deixar o Flamengo, mas estou indo para um novo objetivo que pedi a Deus."

Na entrevista, ele agradeceu o Flamengo por sua ascensão no futebol. "Joguei no maior clube do Brasil. Cheguei à seleção brasileira por aqui. Pena que faltou o caneco da Libertadores." Com a camisa do time, ele conquistou 14 títulos - um Brasileiro, 5 Cariocas, 2 Copas do Brasil, 4 Taças Guanabara e 2 Taças Rio.

Léo afirmou que não pensa em ser treinador, após abandonar a carreira. "Não quero ter que aturar Léo Moura, Vágner Love, Adriano."

TIME - O técnico Vanderlei Luxemburgo disse que vai fazer várias mudanças durante o amistoso, a fim de poupar os titulares para a sequência do Campeonato Carioca e da Copa do Brasil. É possível que escale uma equipe completamente diferente no segundo tempo.

Mais conteúdo sobre:
futebol Flamengo Léo Moura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.