Léo revela ansiedade para enfrentar o Corinthians

Léo ficou satisfeito com o seu desempenho durante os 67 minutos em que esteve em campo contra o Fluminense, no Maracanã, mas avisa que foi apenas o recomeço. O momento que ele aguarda com ansiedade é o clássico contra o Corinthians, domingo, na Vila Belmiro, quando quer voltar a desequilibrar contra o principal rival santista.

SANCHES FILHO, Agencia Estado

25 de maio de 2009 | 19h12

"A semana será de muito trabalho, de preparação e de seriedade. E no domingo vamos ver como fica. Vou voltar a jogar em casa contra um adversário que conheço muito. Tenho certeza de que vamos fazer um jogo bem diferente do que a final do Campeonato Paulista", prometeu o lateral-esquerdo.

Embora repita que não se sente na obrigação de provar que ainda é o Léo de antes da transferência para o Benfica, o lateral se revolta com as insinuações de que teria retornado da Europa sem condições para continuar jogando. "Sempre quis estar em campo. A contusão no joelho não foi brincadeira, quase tive que operar. Sofri muito vendo os companheiros em campo, disputando a final do Paulista. Queria ajudar", afirmou.

Léo ficou empolgado com o futebol do Santos na goleada por 4 a 1 contra o Fluminense. "É bom ver Kleber Pereira marcando gols, Madson jogando bem, Paulo Henrique Lima e Neymar bagunçando e fazendo o Maracanã ficar calado. Foi maravilhoso", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.