Léo sofre contusão e desfalca Santos no Paraguai

O Santos terá um importante desfalque para o jogo decisivo contra o Cerro Porteño, na quarta-feira, em Assunção, no Paraguai, pelas semifinais da Libertadores. Exame realizado nesta segunda mostrou que o lateral-esquerdo Léo sofreu uma lesão no tornozelo direito e precisará ficar de 10 a 15 dias em tratamento. Assim, Alex Sandro, que é o reserva imediato da posição, entra no time.

SANCHES FILHO, Agência Estado

30 de maio de 2011 | 16h31

Titular do time santista, Léo levou uma pancada no tornozelo direito durante o primeiro jogo contra o Cerro Porteño, na última quarta-feira, no Pacaembu, quando o Santos venceu por 1 a 0. Na sexta, dia em que voltou aos treinos, ele reclamou novamente das dores no local. E, como o quadro não melhorou, os médicos fizeram o exame nesta segunda, que acabou comprovando a contusão.

Léo já começou a fazer o tratamento no local da lesão e, como o prazo de recuperação é de 10 a 15 dias, teria condições de disputar a final da Libertadores caso o Santo consiga a classificação - os jogos estão marcados para 15 e 22 de junho. Para avançar na competição continental, o time santista depende apenas de um empate com o Cerro Porteño, quarta-feira, no Paraguai.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantosLéo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.