Léo tentará recuperar seu espaço no Cruzeiro em jogo com o Coritiba

Sem entrar em campo pelo Cruzeiro desde o jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores, há pouco mais de um mês, o zagueiro Léo pode receber uma chance de recuperar seu espaço no time no próximo fim de semana. Afinal, Bruno Rodrigo está suspenso e Léo é o favorito para entrar no time e formar a dupla de zaga com Manoel diante do Coritiba, no próximo domingo, no Couto Pereira - as outras opções são Paulo André e Douglas Grolli. E o jogador vive a expectativa de ser aproveitado por Vanderlei Luxemburgo.

Estadão Conteúdo

24 de junho de 2015 | 14h09

"Sempre procuro aproveitar todas as oportunidades possíveis quando chega um novo treinador. Aos poucos vamos nos conhecendo. O trabalho no dia a dia vai passando a confiança, dando oportunidade de se conhecer. E quando tiver a oportunidade de jogar é mostrar o máximo, e buscar conquistar a confiança do treinador", declarou.

No Cruzeiro desde agosto de 2010, Léo já disputou 191 jogos pelo clube. Nesse período, porém, ele também já viveu vários momentos relegados ao banco de reservas. Por isso, garante que aprendeu a conviver com as oscilações na carreira.

"Meu último jogo foi pela Libertadores contra o São Paulo, faz um mês e pouco. Já vivi várias situações aqui no Cruzeiro, e por viver, isso me trouxe muito experiência, crescimento, a gente vai aprendendo, passando por algumas situações. Mas com paciência, trabalho, muito suor, a gente vai respeitando a decisões, mas buscando fazer nosso melhor, para quando for solicitado dar o nosso máximo", disse.

Após vencer três jogos seguidos sob o comando de Luxemburgo, o Cruzeiro tropeçou pela primeira vez com o técnico ao perder para a Chapecoense no último domingo no Mineirão, sendo vaiado pelo público presente ao estádio. Léo fez um apelo ao torcedor e pediu paciência.

"É preciso um pouco de paciência. Acabou de chegar um novo treinador, estamos trabalhando e aos poucos vamos entrando na melhor forma para buscar o campeonato, sei que é muito difícil, mas vamos trabalhando para conseguir a regularidade na competição", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroLéo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.