Léo terá apresentação de astro na Vila Belmiro

O lateral-esquerdo Léo assinou contrato de dois anos nesta quarta-feira com o Santos, ainda não sabe quando terá condições para estrear - está parado desde novembro do ano passado -, e nesta quinta terá uma apresentação digna de astro na Vila Belmiro, uma hora e meia antes do jogo entre Santos e Guaratinguetá, na estreia da equipe no Paulistão. A fornecedora de material esportivo do Santos se apressou e na tarde desta quarta já vendia, por R$ 145, a camisa 3 com o nome de Léo nas costas. O torcedor que for ao estádio vestindo a camisa entrará de graça e ainda terá direito a conversar com o ídolo e ao seu autógrafo. "É um privilégio e um prazer retornar ao País e mais ainda voltar ao Santos, onde despontei. Foi o clube que me deu tudo. Pronto não estou, mas não deve demorar porque não tenho tendência para engordar. Ao contrário", disse o novo reforço santista.Pela programação do clube, Léo será apresentado e dará a primeira coletiva às 20 horas, na sala de entrevistas da Vila Belmiro. Em seguida vai conversar com os torcedores que estiverem vestindo a camisa com o seu nome. Depois dará uma volta em campo para saudar o público.Na tarde desta quarta, Léo esteve no Centro de Treinamento Rei Pelé e fez exames com o médico Carlos Braga. Depois entrou no campo 3 e foi cumprimentar o goleiro Fábio Costa, seu companheiro na conquista do Campeonato Brasileiro de 2002. Conversou rapidamente com alguns funcionários e voltou ao Cepraf.DE SAÍDA - Enquanto Léo recebe tratamento de grande ídolo, Kléber participou apenas da primeira parte do treino da tarde. Pode ter sido a sua última atividade no clube. O lateral-esquerdo da seleção brasileira teve os direitos federativos comprados pelo Grupo Sonda por R$ 6 milhões e teria até rescindido o contrato com o Santos. O destino de Kléber deve ser o Cruzeiro. Ele disputaria a Copa Libertadores e em seguida deve ser negociado com um clube francês. Mas seu sonho é se transferir para a Europa até o dia 31, quando termina o prazo para a saída de jogadores ao exterior. Há ainda a possibilidade de o Grupo Sonda colocar o lateral no Internacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.