Leomar vira problema para Leão

Com o "otimismo?? de Emerson Leão na bagagem, para contrapor a ausência de vários dos principais jogadores do País, a seleção brasileira embarca neste domingo à noite para o Japão, onde disputa a Copa das Confederações. O treinador espera usar a competição para recolocar o Brasil na liderança do ranking Fifa, condição perdida recentemente, pela primeira vez na história. A França, atual campeã mundial e européia, é a atual líder.O Brasil estréia na competição no dia 31, contra a seleção de Camarões, em Kashima. Na primeira fase da Copa das Confederações, a seleção ainda enfrenta o Canadá, em 2 de junho, e o anfitrião Japão, no dia 4, também em Kashima.Leão ganhou um problema na tarde deste domingo: o volante Leomar machucou o joelho no começo do clássico pernambucano entre o seu time, o Sport, e o Santa Cruz, e pode não ter condições de servir à seleção.O atacante Washington, da Ponte Preta, deverá incorporar-se à seleção apenas no próximo sábado. Um acordo entre Leão e Nelsinho Baptista, técnico do clube de Campinas, permitiu que o artilheiro ficasse no Brasil para o jogo de seu time, na quarta-feira, contra o Fortaleza, pela Copa do Brasil.A delegação brasileira tem chegada prevista a Tóquio para a tarde de terça-feira. Os primeiros treinos em território japonês serão realizados na manhã de quarta-feira. Pela programação, estão previstos treinamentos em dois períodos todos os dias, no Tokyo Stadium. Antes da estréia na Copa das Confederações, a seleção faz um amistoso contra o time do Tokyo Verdy, no próximo sábado.A competição promovida pela Fifa está sendo encarada pelos jogadores como a chance de ser firmarem na seleção e garantirem vagas nos próximos jogos das Eliminatórias sul-americanas para o Mundial de 2002.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.