Albert Gea/Reuters
Albert Gea/Reuters

Leonardo diz que PSG cogitou a contratação de Messi

Clube francês imaginou a contratação do craque argentino durante a crise com o Barcelona

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de setembro de 2020 | 19h06

O diretor esportivo do Paris Saint-Germain, Leonardo, disse que o clube francês cogitou a contratação do craque Lionel Messi. O argentino queria sair do Barcelona, mas não conseguiu a rescisão unilateral do vínculo e vai permanecer para a próxima temporada europeia. Durante a crise entre Messi e Barcelona, o PSG imaginou se poderia contratar o craque.

"Quando falamos sobre a situação financeira hoje, é complicado. Mas quando ficamos sabendo que o Messi queria ir embora do Barcelona, chegamos a cogitar. Ficamos imaginando se poderia ser um acordo possível. Esses jogadores são completamente fora do comum", disse Leonardo, ao Canal+, da França.

Leonardo também rebateu o que chamou de "escândalo" sobre os casos de coronavírus no elenco do PSG. Durante as férias, os jogadores viajaram. Na reapresentação, alguns testaram positivo, entre eles Neymar. Para o dirigente, não é um fato que mereça punição.

"Todas as equipes têm casos positivos, mas os do PSG transformam em escândalo. O que vimos são jogadores que estão juntos com suas esposas e filhos. Estou muito ligado à disciplina, ao trabalho, ao campo. Se tivermos que punir os jogadores porque eles têm um comportamento que prejudica o time, tudo bem. Mas todos os jogadores de futebol foram para Ibiza, os do Bayern também", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolParis Saint-GermainMessi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.