Sergio Perez/Reuters
Sergio Perez/Reuters

Leonardo gosta que Milan jogue com 'talento e raiva'

Treinador brasileiro é elogiado após as vitórias da equipe diante da Roma e do Real Madrid

EFE,

25 de outubro de 2009 | 11h40

ROMA - O treinador do Milan, o brasileiro Leonardo, disse que gosta que sua equipe jogue com "talento e raiva", após ganhar do Roma (Campeonato Italiano) e do Real Madrid (Liga dos Campeões da Europa), em uma entrevista ao jornal Gazzeta dello Sport.

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

A primeira vitória do Milan frente ao Real Madrid e os dois gols contra a Roma no domingo passado impulsionaram a popularidade do técnico, que atualmente é muito aplaudido na Itália.

"Gosto de jogar, colocar juntos homens de talento. O importante é que todos estão em ótimas condições físicas", afirmou ao jornal.

Ele ainda comentou sobre a formação 4-3-3, que o levou ao êxito. "Pensei nela no início da temporada e agora a estamos fazendo. Devemos encontrar a continuidade".

Leonardo declarou que não gosta que se diga que o estímulo chega na Liga dos Campeões. "O fato é que, quando se joga na Liga dos Campeões, se encontra situações distintas a respeito do Campeonato Italiano: as equipes europeias concedem espaço e, com o talento que temos, é mais fácil jogar", assinalou.

"Alguns jogos são vencidos com talento e outros com raiva, e o Milan tem esta raiva positiva, não frustração", acrescentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.