Leonardo Moura ainda reclama da expulsão no clássico

O lateral-direito Leonardo Moura ficou revoltado pela sua expulsão no clássico contra o Vasco, domingo, no Maracanã, quando o Flamengo perdeu por 3 a 0. O jogador se defendeu dizendo que sua intenção foi roubar a bola quando deu um carrinho por trás no meia Morais.?A noite de ontem (domingo) foi terrível. Até agora não me conformo com a expulsão, estou muito triste. Quem acompanha a minha carreira sabe que não sou um jogador violento, tanto que essa deve ser a terceira vez que recebo o cartão vermelho em quase dez anos como profissional?, disse Leonardo Moura. ?Minha intenção foi roubar a bola do Morais e o árbitro interpretou que foi um lance mais duro. Era a minha primeira falta no jogo e acho que poderia ter recebido no máximo o cartão amarelo.?Enquanto Leonardo Moura reclamou, o goleiro Bruno, que escapou de sofrer o milésimo gol do Romário, saiu aliviado do clássico de domingo. Apesar disso, ele lamentou a derrota flamenguista.?Não tenho motivos para ficar alegre. É claro que me deixa mais tranqüilo saber que fiz uma boa partida e consegui ajudar a impedir o Baixinho de fazer mais um gol, mas estou triste com a derrota?, disse Bruno.Nesta segunda-feira, o goleiro foi muito festejado pelos torcedores flamenguistas, principalmente pela bela defesa que fez aos 43 minutos do segundo tempo do clássico, evitando o gol mil de Romário. ?Afirmei antes da partida que minha preocupação era evitar que o Flamengo perdesse, sem ficar pensando se ia ou não sofrer o milésimo gol do Romário. Infelizmente corremos, mas não conseguimos a vitória", afirmou o goleiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.