Leonardo não quer o lugar de Argel

O zagueiro Leonardo, de 23 anos, foi apresentado nesta sexta-feira como reforço do Palmeiras. O clube comprou do Coritiba 75% do seu passe e cedeu por empréstimo o atacante Juliano e o meia Neto. O jogador fez questão de dizer que não chegou com a missão de substituir Argel, afastado pelo técnico Marco Aurélio por ter se negado a ficar no banco. "Tenho o meu estilo próprio, quero evitar comparações", ressaltou.Leonardo, natural de Juiz de Fora, Minas Gerais, estava atuando normalmente pela equipe do Paraná no campeonato estadual e na Copa Sul-Minas. Segundo o coordenador de futebol do Palmeiras, Márcio Araújo, trata-se de um zagueiro quase completo, que sabe cabecear, tem personalidade e sai jogando com velocidade.Na época em que foi técnico do Coritiba, Márcio Araújo trabalhou com o zagueiro, de quem tem boas recordações. "Ele fez um gol decisivo em um jogo contra o Atlético e garantiu a nossa vitória. Foi uma festa, porque a rivalidade lá é grande", contou.O coordenador observou que a chegada de Leonardo, que iniciou a carreira no Tupi, não representa a saída imediata de Argel. "O Galeano às vezes atua como volante e, por isso, continuamos com quatro jogadores no miolo da defesa", observou.Já o técnico Marco Aurélio garante ter aprovado a contratação. "Trata-se de um reforço de excelente nível", ressaltou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.