Arquivo/AE
Arquivo/AE

Leonardo nega rumores sobre saída do Milan

Brasileiro garante que não rescindiu contrato com o clube italiano e vai permanecer até 2011

AE-AP, Agência Estado

16 de abril de 2010 | 10h47

O técnico brasileiro Leonardo desmentiu os rumores divulgados nesta sexta-feira pela imprensa italiana que apontavam sua saída do Milan. Em comunicado oficial, ele disse não ter "fundamento" a notícia de que teria rescindido o contrato com o clube italiano, que vai até 2011.

Enquanto isso, o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, também tratou de garantir a permanência do treinador brasileiro. "Leonardo é jovem e um bom técnico. Ele tem dois anos de contrato e ficará conosco", afirmou o poderoso dirigente do clube italiano.

Segundo os rumores veiculados pela imprensa italiana, Leonardo estaria rompendo o contrato com o Milan para voltar a trabalhar no Brasil, onde assumiria o lugar de Dunga como técnico da seleção brasileira após a disputa da Copa do Mundo na África do Sul.

Em sua primeira temporada como treinador, Leonardo não conseguiu avançar com o Milan na Liga dos Campeões da Europa, mas está na briga pelo título do Campeonato Italiano. Faltando cinco rodadas, o time está com 64 pontos, quatro atrás da líder Roma.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMilanLeonardo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.