Leonardo quer Beckham no PSG

Leonardo quer Beckham no PSG

Dirigente brasileiro quer meio-campista inglês para atrair mídia ao clube francês

AE-AP, Agência Estado

16 de setembro de 2011 | 09h02

O Paris Saint-Germain pode ser o próximo destino do meia David Beckham, que terá o seu contato com o Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos, encerrado em novembro. O brasileiro Leonardo, diretor-esportivo do clube francês, trabalhou com o ex-capitão da seleção inglesa no Milan, no ano passado, e disse que a "porta está aberta" se o meia quiser se transferir para o PSG.

"Ele é mais do que um jogador de futebol, ele é uma marca, uma estrela pop. Eu sempre o considerei", disse Leonardo à BBC. "Ele respeita as regras, te escuta e quer o melhor para a equipe. É por isso que, para mim, ele é um grande exemplo. Eu trabalhei com ele e é por isso que eu falo sobre o seu nome".

O PSG foi recentemente adquirida por investidores do Catar e fez a aquisição mais cara da sua história ao pagar 42 milhões de euros para contratar o meia argentino Javier Pastore em agosto.

O clube foi um dos que mais gastou em contratações na última janela de transferências na Europa, que fechou em 31 de agosto, e está em quarto lugar no Campeonato Francês após cinco rodadas. O time de Paris busca o seu primeiro título nacional desde 1994. Além disso, a equipe não disputa a Liga dos Campeões da Europa desde 2004.

Além do PSG, o Tottenham e o Queens Park Rangers, ambos da Inglaterra, já revelaram interesse na contratação de Beckham, de 36 anos. "Eu o orientei no Milan e criamos um bom relacionamento", disse Leonardo sobre o inglês. "Ele é alguém que eu realmente aprecio e admiro muito, seus valores e tudo o que ele fez no futebol".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.