Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Leonardo Silva exalta Levir e diz que seria 'frustrante' perder vaga no G6

"A gente espera poder terminar o ano com o nosso objetivo cumprido", afirma o zagueiro do Atlético-MG

Estadão Conteúdo

23 Outubro 2018 | 18h46

Dois dias depois da derrota no Rio para o Fluminense, o Atlético-MG se reapresentou nesta terça-feira sob o clima de dúvida. Em má fase, a equipe se apega à chegada de Levir Culpi para sonhar com dias melhores. Afinal, se estreou no fim de semana, o treinador terá agora sua primeira semana de trabalho antes do duelo diante do Ceará, segunda-feira que vem, na casa do adversário.

"É um treinador que já passou aqui em outras ocasiões e foi vitorioso. A gente espera poder terminar o ano com o nosso objetivo cumprido. Então, é aproveitar ao máximo e se dedicar mais do que já estávamos nos dedicando para conseguir uma vitória sobre o Ceará, que seria muito importante para nossa pontuação e para o nosso objetivo na competição", declarou o zagueiro Leonardo Silva nesta terça-feira.

Nas últimas seis partidas do Brasileirão, o Atlético-MG venceu apenas uma, estagnando no sexto lugar. E a vaga para a Libertadores, que parecia certa, já começa a ficar a perigo, uma vez que o Santos está a apenas três pontos da equipe - 46 a 43. Leonardo Silva não quer nem pensar na possibilidade de perder esta classificação.

"Não saímos dessa faixa de classificação desde o começo da competição e não podemos sair agora. Então, temos que continuar nessa luta pela classificação para a Libertadores. Queremos a vaga direta na fase de grupos e temos condição de chegar nesse objetivo, mas o importante é não sair dessa zona de classificação porque seria muito frustrante e ruim para todos, por tudo aquilo que já foi feito e que poderíamos ter conquistado esse ano", considerou.

Esta terça foi de atividades físicas para todo o elenco. Substituto de Thiago Larghi, demitido na semana passada, Levir começa a ter o primeiro contato com boa parte do elenco, e aqueles jogadores que vêm tendo menos oportunidades sonham com um lugar na equipe. Diante do Ceará, Hulk deverá ter esta chance, substituindo o suspenso Fábio Santos.

"Estou encarando essa oportunidade como a oportunidade da minha vida, como se fosse a primeira, buscar fazer uma boa partida para ajudar meus companheiros a conseguir um bom resultado lá no Ceará e para que o professor Levir possa ter confiança em mim", disse ele nesta terça.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Atlético MineiroLevir Culpi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.