Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Lesão de Pablo abre espaço para Raniel se firmar como 'homem de área' do São Paulo

Recém-contratado do Cruzeiro pode ser opção imediata como centroavante para as próximas quatro partidas

Guilherme Amaro, O Estado de S.Paulo

16 de julho de 2019 | 04h30

Apresentado pelo São Paulo na última terça-feira, Raniel avisou: é um "jogador de área". Porém, em treinos ao longo da semana, ele foi testado por Cuca na vaga de Alexandre Pato, pelo lado esquerdo do ataque. 

Raniel também pode fazer a função pelas pontas, mas prefere ser centroavante. Com a lesão de Pablo, que deve desfalcar o São Paulo por um mês, o jogador recém-contratado do Cruzeiro deve ter oportunidades na posição em que se sente mais à vontade.

Se o prazo de um mês de recuperação de Pablo for confirmado, Raniel pode ficar com o "caminho livre" para ser titular nas próximas quatro partidas do São Paulo: contra Chapecoense, Fluminense, Athletico-PR e Santos, todas pelo Brasileirão.

Raniel estreou pelo São Paulo ao entrar no segundo tempo do clássico contra o Palmeiras, no último sábado. Quando o jogo estava 1 a 0 para a equipe tricolor, o atacante perdeu boa chance defendida pelo goleiro Weverton. A partida terminou empatada por 1 a 1, mas Cuca elogiou a atuação de Raniel.

"Entrou bem e deu uma caída, é normal. Tentamos manter a estrutura do jogo. Podia colocar o Toró, mas resolvemos manter uma referência. Acho que a estreia dele foi boa", disse Cuca.

Aos 23 anos, Raniel foi contratado do Cruzeiro a pedido de Cuca. A primeira opção do treinador para o ataque era o argentino Juan Dinenno, do Deportivo Cali (COL), mas questões financeiras invializaram o negócio. Por Raniel, o clube tricolor contou com empréstimo de um empresário e só pagará a partir de janeiro de 2020.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.