Lesão de Ronaldo não é grave

O atacante Ronaldo, da Inter de Milão, realizou nesta segunda-feira novos exames na perna esquerda para medir a extensão de uma pequena contusão que o obrigou a deixar um jogo amistoso entre a equipe italiana e outra de Palma de Mallorca, na quinta-feira passada. Segundo o médico da Inter, Franco Combi, a ressonância magnética indicou que o jogador não sofreu nenhuma ruptura muscular. ?Ronaldo sofreu apenas uma sobrecarga de primeiro grau no bíceps femural da coxa esquerda e está descartada qualquer suspeita de ruptura de fibras musculares?, explicou.Apesar da boa notícia, o jogador deve permanecer ausente dos gramados em jogos oficiais. A previsão é de que Ronaldo volte a campo no final de fevereiro, mais precisamente no dia 24, quando a Inter enfrenta a Udinese pelo Campeonato Italiano. Assim ele não disputaria pelo Brasil o amistoso contra a Arábia Saudita, dia 6 de fevereiro, em Riad. ?Ronaldo não tem nada grave e com certeza irá se esforçar para ter 100% de suas condições físicas?, finalizou Combi.

Agencia Estado,

28 de janeiro de 2002 | 13h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.