Lesão de zagueiro é novo problema da Ponte

Já virou rotina na Ponte Preta. No último treino realizado pelo time antes de viajar para São Bento do Sul, onde ficará concentrado, o zagueiro Luís Carlos acabou sofrendo um estiramento muscular e não deve enfrentar o Coritiba domingo, no estádio Couto Pereira, pela 43ª rodada do Campeonato Brasileiro.Ao longo do Brasileiro, a Ponte, além de acumular problemas de contusões e suspensões, sofre com o sumiço de jogadores. Desde o início da crise financeira no clube, no final de 2002, 20 atletas já deixaram o Moisés Lucarelli: o goleiro Hiran; os laterais Luciano Baiano, Daniel e Elivélton; os zagueiros Marinho e Alex; os volantes Izaías, Fabinho, Reginaldo Vital e Dionísio; os meias Wesley, Humberto, Alex Oliveira e Caíco; e os atacantes Fabríc io Carvalho, Hernâni, Itamar, Sérgio Alves e Rafael Marques."Não sei mais o que dizer ao torcedor. Os problemas são sempre os mesmos e vivem se repetindo. Agora vou precisar analisar o caso do Luís Carlos", lamentou o técnico Abel Braga, que já havia confirmado a entrada do zagueiro no lugar de Rodrigo, candidato a ser o 21º a deixar o clube - o jogador não aparece para treinar há dez dias e nem dá notícias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.