Lesão deve afastar Somália por cerca de seis meses

O atacante contundiu o ligamento cruzado anterior do joelho direito, no jogo de sábado, contra o São Paulo

15 de outubro de 2007 | 19h04

O atacante Somália vai ficar pelo menos seis meses sem defender o Fluminense, por causa de uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito sofrida no sábado, no empate por 1 a 1 contra o São Paulo. "O Somália vinha melhorando a cada partida e é uma pena não poder contar com ele. Estamos na torcida para que ele se recupere o quanto antes", afirmou o técnico Renato Gaúcho. O treinador avisou que quer passar uma borracha na partida, na qual o time "perdeu dois pontos", principalmente por causa do pênalti desperdiçado pelo lateral Gabriel quando o placar já era de 1 a 1. "A equipe deu um branco de 10, 15 minutos e depois pagou por isso", completou. Outra ausência certa para o jogo de sábado, contra o Goiás, no Serra Dourada, é meia Thiago Neves, que levou o terceiro amarelo no duelo contra o líder. Cícero é o principal candidato a vestir a camisa 10, mas Renato só deve definir isso durante a semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.