Arquivo/AE
Arquivo/AE

Lesão não é grave e Chicão deve reforçar Corinthians

Zagueiro fará tratamento intensivo durante a semana para ter condições de encarar o São Paulo no domingo

Agencia Estado

22 de setembro de 2009 | 14h58

Um exame realizado nesta terça-feira detectou que a lesão muscular na coxa esquerda do zagueiro Chicão não é grave. Assim, ele fará tratamento intensivo durante a semana e tem boas chances de atuar no clássico de domingo contra o São Paulo, no Morumbi.

Veja também:

linkEdno garante que não teme pressão

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O zagueiro sentiu dores musculares na derrota para o Goiás por 4 a 1, domingo passado, no Pacaembu, e foi substituído no intervalo pelo atacante Bill.

Se confirmada sua participação, Chicão deve atuar ao lado de William, que está liberado pelo departamento médico e ficará à disposição de Mano Menezes. Também voltando de contusão, Jorge Henrique está totalmente recuperado e deve enfrentar o São Paulo.

Com um trauma na coxa, sofrido durante a partida contra o Goiás, o atacante Dentinho será liberado para os treinos na quarta-feira. Por sua vez, o volante Edu será reavaliado durante a semana e não sabe se terá condições de disputar o clássico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.