Lesão não é grave, mas Dentinho vira dúvida para domingo

Porém, o artilheiro do Corinthians no Paulistão avisa: 'Vou jogar contra o Marília mesmo com dor'

Vitor Marques, Jornal da Tarde

27 de março de 2008 | 19h58

Avaliação médica realizada nesta quinta-feira constatou que não é grave a lesão no tornozelo direito do atacante Dentinho, artilheiro corintiano na temporada. Depois da contusão sofrida no jogo de quarta, na Vila Belmiro, ele foi poupado dos treinamentos desta quinta e é dúvida para a partida contra o Marília, domingo, no Morumbi.   Veja também:  Meta de Mano para os últimos 2 jogos: 100% de aproveitamento  Mano Menezes e Mário Gobbi detonam a arbitragem do clássico  Escute os gols do clássico entre Santos e Corinthians   Autor de nove gols neste ano, Dentinho deixou o gramado da Vila Belmiro, na derrota para o Santos por 2 a 1, com fortes dores no tornozelo. Após uma dividida com o zagueiro Domingos, ele saiu de maca e precisou ser substituído no segundo tempo.   O tratamento da lesão, que se iniciou nos vestiários depois da partida de quarta-feira, está sendo feito através de imobilização e gelo. A contusão, porém, não impediu Dentinho de participar do evento de lançamento do terceiro uniforme do Corinthians, a apresentação da camisa roxa, nesta quinta.   Se Dentinho desfalcar o Corinthians na penúltima rodada do Paulistão, o técnico Mano Menezes pode optar pela escalação de Acosta, que tem ficado na reserva nos últimos jogos. O atacante uruguaio, inclusive, foi o substituto de Dentinho no jogo contra o Santos.   Na partida de domingo, que se tornou decisiva para o Corinthians obter classificação às semifinais, Mano Menezes terá dois desfalques certos. O zagueiro Chicão e o meia-atacante Lulinha estão suspenso por terem recebido o terceiro cartão amarelo.   Mas o treinador não quis adiantar as mudanças no time. Ele pode manter o esquema tático 3-5-2, elegendo um zagueiro como substituto para Chicão, ou mudar para o 4-4-2, deixando a zaga apenas com William e Carlão.   Para a zaga, as opções são Fábio Ferreira, o chileno Suárez e Valença, que nem sequer estreou. Nilton, que como Carlão é volante, também pode atuar improvisado na função.   Precisando da vitória para ir às semifinais, Mano Menezes traçou sua meta para as duas rodadas finais do Paulistão: 100% de aproveitamento. "O campeonato está muito embolado. Precisamos ganhar os dois jogos para nos classificarmos", disse o treinador, lembrando que, além do Marília, o Corinthians enfrentará o Noroeste em Bauru. "Nosso grupo é experiente e conta com jogadores acostumados a decisões." J.F. Diorio/AEDentinho (esq.) e Lulinha apresentam a camisa roxa do Corinthians em vitrine de loja   CAMISA ROXAComeçaram nesta quinta-feira as vendas do uniforme número 3 do Corinthians, com o lançamento oficial em um shopping de São Paulo, que contou com a presença de alguns jogadores do elenco. A camisa roxa, criada em homenagem ao torcedor ("corintiano roxo"), custa R$ 149,90 na loja que fica dentro do clube, no Parque São Jorge.   No primeiro dia de comercialização, mais de 200 camisas roxas já foram vendidas. A estréia do uniforme será no jogo do próximo domingo, quando o Corinthians enfrentará o Marília, no Morumbi, pela 18.ª rodada do Campeonato Paulista.Animado com a apresentação, o atacante Dentinho deixou claro que vai para o jogo diante do Marília, que é vital para as pretensões corintianas, no Paulistão. "Eu vou contra o Marília, mesmo com dores. Se tiver que tomar injeção, eu tomo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.