Lesão no joelho pode "salvar" Alberto

A ressonância magnética confirmou o pior: a lesão sofrida pelo atacante Alberto no jogo de sábado, contra o Vasco, no Pacaembu, foi mesmo no ligamento cruzado do joelho esquerdo. Ele será operado nas próximas horas e deve ficar afastado do futebol por oito meses. Alberto tem motivos para esquecer 2004. Além das lesões musculares que o perseguiram na temporada, o jogador comeu o pão que o diabo amassou no Dínamo de Moscou. Além do frio insuportável da Rússia, Alberto contrariu pneumonia naquele país. Veio se tratar no Brasil e quase morreu em Campo Grande, onde moram os seus pais. A infecção já estava numa fase aguda quando ele começou o tratamento. Depois de recuperado, foi contratado pelo Corinthians. No Parque São Jorge jamais conseguiu repetir o futebol mostrado no Santos, quando foi campeão brasileiro em 2002, em cima do próprio Corinthians. Fez só um gol em cinco meses. Era um sério candidato ao corte. Mas pode ter sido salvo pela lesão no ligamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.