Lesão no ligamento deixa Grêmio seis meses sem Douglas

Meia se machuca durante o treino e precisará ser operado

Estadao Conteudo

08 Fevereiro 2017 | 16h58

O técnico Renato Gaúcho tem um problemão para resolver. O meia Douglas sofreu lesão grave durante o treino desta quarta-feira e os exames realizados no início da tarde mostram a ruptura do ligamento cruzado do joelho esquerdo. Ele precisará ser operado e não deve voltar ao futebol antes de seis meses.

Em breve comunicado, o Grêmio disse apenas que ele será submetido a cirurgia no início da próxima semana. Douglas levou a pancada em uma dividida com Tilica durante treino em campo reduzido conduzido pelo próprio Renato Gaúcho, que não viajou com os reservas para a partida desta noite, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, contra o Flamengo, pela Copa da Primeira Liga.

A ausência de Douglas durante todo o primeiro semestre é um grande problema para Renato Gaúcho, que perde o jogador que, aos 34 anos, é o cérebro do time. E, no elenco, não há nenhum jogador com características parecidas para substituí-lo.

Caso Douglas leve mesmo seis meses para se recuperar após a cirurgia, ele perde não só todo o Campeonato Gaúcho como também a fase de grupos e as oitavas de final da Copa Libertadores e as oitavas e as quartas de final da Copa do Brasil, correndo o risco de perder ainda as semifinais deste torneio, em meados de agosto. No Brasileirão, o segundo turno começa na segunda semana de agosto, daqui a exatos seis meses.

Mais conteúdo sobre:
Grêmio futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.