Carlos Parra/EFE
Carlos Parra/EFE

Lesão tira meia chileno Matías Fernández da Copa do Mundo

Tornozelo direito do jogador está machucado a ponto de obrigá-lo a passar por cirurgia

AE-AP, Agência Estado

20 de maio de 2014 | 16h01

SANTIAGO - A seleção do Chile sofreu uma baixa para a disputa da Copa do Mundo. Nesta terça-feira, o meia Matías Fernández, da Fiorentina, avisou que não terá condições de atuar no torneio no Brasil por causa de uma lesão no tornozelo direito, que o forçará a passar por uma cirurgia.

"Não estou em condições de jogar o Mundial", disse o jogador, nesta terça-feira, no centro de treinamentos da seleção do Chile. "Até segunda-feira não sabia, me fizeram uns exames e descobriram que precisavam me operar. Não estava nos meus planos", declarou.

"Sempre tive limitações no tornozelo, mas agora me disseram que era grave, que tinha que operar", afirmou Fernández, explicando que um tratamento conservador não resolveria o seu problema. "Somente a operação acabaria com a dor", completou.

A lesão de Fernández era conhecida, mas ainda não se sabia que ele precisaria passar por uma cirurgia. E o seu problema só aumenta a preocupação com o meio-de-campo do Chile, pois o volante Arturo Vidal, um dos principais jogadores da Juventus, operou recentemente o joelho. A expectativa é para que ele esteja recuperado para a Copa do Mundo, mas ainda não há uma certeza.

O técnico da seleção do Chile, o argentino Jorge Sampaoli, reduziu no último fim de semana a lista preliminar de convocados para 27 jogadores, antes de perder Fernández. Ele tem até o dia 2 de junho para definir a lista final de 23 nomes para a Copa do Mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.