AFP
AFP

Lesionado, De Bruyne revela que vai desfalcar o City por 10 semanas

O belga Kevin De Bruyne deixou a torcida do Manchester City aflita ao sair de campo sentindo um problema físico na vitória sobre o Everton, na última quarta-feira. Através das redes sociais, ele confirmou o maior temor do clube e anunciou que a lesão é mesmo grave. Com isso, ficará afastado dos gramados por 10 semanas.

Estadão Conteúdo

29 Janeiro 2016 | 12h01

"Acabei de voltar de um especialista. Vou ficar afastado por cerca de 10 semanas", escreveu o jogador em sua página no Twitter, sem especificar qual a contusão sofrida por ele.

De Bruyne foi um dos destaques do triunfo por 3 a 1 que garantiu o City na decisão da Copa da Liga Inglesa, mas caiu sentindo muitas dores no gramado após uma queda sobre a perna direita. O jogador precisou ter o tornozelo e o joelho direitos imobilizados e deixou o gramado de maca.

Com a confirmação do tempo de afastamento, De Bruyne está fora da decisão do torneio, em fevereiro, diante do Liverpool. De acordo com seu empresário, Patrick de Koster, o jogador de fato sofreu lesões importantes no tornozelo e no joelho.

"Ele está um pouco triste porque teve uma ruptura no tornozelo e no ligamento lateral do joelho direito. Kevin está triste. Seu sonho é estar sempre jogando futebol. Ele vai perder jogos importantes, como a final da Copa da Liga Inglesa e alguns na Liga dos Campeões, que são importantes", disse à Sky Sports.

O próprio De Koster, no entanto, se precipitou e chegou a afirmar que o tempo de afastamento de De Bruyne seria apenas de seis semanas. Independente disso, o jogador prometeu esforço para voltar antes do prazo. "Kevin disse que a única coisa que pode fazer é trabalhar duro para voltar logo", comentou o empresário.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.