Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Sascha Steinbach/EFE
Sascha Steinbach/EFE

Lesionado, Emre Can é confirmado como desfalque da Alemanha contra a Espanha

Meio-campista é aguardado para o segundo amistoso da equipe, contra o Brasil na terça-feira, em Berlim

Estadão Conteúdo

22 de março de 2018 | 12h50

Ainda em processo de recuperação de uma lesão nas costas, o meio-campista Emre Can foi confirmado nesta quinta-feira como desfalque da seleção da Alemanha para o amistoso contra a Espanha, nesta sexta, às 16h45 (de Brasília), em Dusseldorf.

O técnico Joachim Löw lamentou a ausência do jogador do Liverpool para esta partida, mas espera poder contar com ele para o confronto com o Brasil, terça-feira, em Berlim, em novo compromisso que servirá como preparação para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

+ Tite muda seleção e confirma Thiago Silva e Douglas Costa contra a Rússia

+ 'O mundo quer ver Messi campeão da Copa', afirma Del Potro

+ Alemanha diz confiar na recuperação de Neuer, mas ele segue sendo dúvida para a Copa

Emre Can já se apresentou ao comandante da equipe nacional com este problema nas costas e inicialmente a previsão é a de que conseguiria se recuperar a tempo de poder encarar os espanhóis, mas não reuniu condições de treinar normalmente com o restante dos jogadores na última quarta-feira e agora acabou sendo vetado do amistoso.

"Emre Can não jogará amanhã (sexta) por causa do problema nas costas que ele trouxe com ele de Liverpool. Ele tentou treinar ontem (quarta), mas deixou o treino porque isso estava o incomodando um pouco. Talvez no sábado ele posso voltar a treinar e espero que possa jogar contra o Brasil", afirmou Löw, que pretende aproveitar estes dois próximos amistosos para promover novos testes na preparação para o Mundial.

Entretanto, adiantou os nomes de alguns jogadores que serão escalados e hoje fazem parte da espinha dorsal da seleção que defenderá o título mundial que conquistou em 2014, no Brasil, onde goleou a seleção brasileira por 7 a 1 nas semifinais da Copa.

"Eu acho que amanhã (sexta) a estrutura do time será em torno de Jerome (Boateng), Mats (Hummels), (Thomas) Müller, (Tony) Kroos e (Mesut) Ozil", adiantou o treinador, para depois avisar: "Não estou planejando jogar com os mesmos jogadores nas duas partidas. Eu quero experimentar algumas opções".

A Alemanha integra o Grupo F da Copa de 2018, que também conta com México, Suécia e Coreia do Sul. A estreia dos atuais campeões do mundo será no dia 17 de junho, contra os mexicanos, em Moscou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.