Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Lesionado, Geuvânio pode perder resto do ano no Santos

Problema na coxa esquerda sofrido na derrota para o Fluminense pode ser grave e terá diagnóstico detectado nesta sexta-feira

Sanches Filho, O Estado de S. Paulo

23 de outubro de 2014 | 19h29

O ano pode acabar para Geuvânio nesta sexta-feira. O atacante do Santos vai passar por exames de diagnóstico por imagem para que se saiba a gravidade da lesão no músculo anterior da coxa esquerda que o tirou do jogo contra o Fluminense aos 34 minutos do primeiro tempo, na noite de quarta-feira, pelo Brasileirão.

Pela avaliação inicial, Geuvânio deve ficar pelo menos um mês em tratamento e depois vai precisar de um período de preparação para se recondicionar e poder voltar a jogar.

Depois de ter sido eleito o meia-atacante da seleção do Campeonato Paulista antes das finais, Geuvânio decepcionou nos dois jogos da decisão contra o Ituano. Os primeiros sinais de sua recuperação apareceram na derrota por 3 a 2 para o Atlético-MG, no estádio Independência, dia 25 de setembro. O Santos chegou a estar perdendo por 3 a 0 e por pouco não chegou ao empate com a entrada de Geuvânio no segundo tempo.

Além de marcar um gol, Geuvânio deu passe para Thiago Ribeiro anotar outro e ainda mandou uma bola no travessão. A velocidade do atacante passou a ser a principal arma ofensiva do Santos. Ele voltou a fazer gols nos duas partiras seguintes, diante de Goiás e Botafogo, e foi um dos melhores em campo contra Flamengo e nos 5 a 0 em cima do Botafogo, no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCGeuvânioBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.