Gerry Penny/EFE
Gerry Penny/EFE

Lesionado, meia alemão Ozil desfalca o Arsenal por até seis semanas

Jogador se machucou durante o jogo da volta contra o Bayern de Munique

Agência Estado

14 de março de 2014 | 09h53

LONDRES - O técnico Arsène Wenger revelou nesta sexta-feira que o meia Mesut Ozil, grande aposta do Arsenal para a atual temporada, ficará afastado dos gramados por até seis semanas, justamente na reta final do Campeonato Inglês. O time também está na briga pelo título da Copa da Inglaterra.

De acordo com Wenger, o jogador deve desfalcar a equipe por pelo menos quatro semanas. "Quando o mínimo é três semanas e o máximo é seis, vamos dizer que ele ficará fora por quatro", estimou o treinador, referindo-se a uma lesão no tendão do atleta.

Ozil se machucou durante o jogo da volta contra o Bayern de Munique, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, na terça-feira. Ele deixou o gramado mais cedo e assistiu do banco de reservas o empate sem gols que acabou eliminado o time inglês da competição europeia.

O meia foi a maior contratação da história do Arsenal. A um custo de 42 milhões de libras (cerca de R$ 137 milhões), Ozil deixou o Real Madrid para reforçar o clube inglês, que sonha encerrar o jejum de títulos no Campeonato Inglês.

O jogador, contudo, ficará de fora de partidas importantes na competição, a começar pelo clássico com o Tottenham, no próximo domingo. O Arsenal ocupa o terceiro lugar da tabela, sete pontos atrás do líder Chelsea. Na Copa da Inglaterra, Özil tem chances remotas de reforçar o time de Londres no duelo da semifinal contra o Wigan, no dia 12 de abril.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolArsenal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.