Lesionado no ombro, Pato é cortado da seleção brasileira

O atacante Alexandre Pato está fora dos amistosos da seleção brasileira contra a Holanda - no próximo dia 4, em Goiânia - e contra a Romênia - três dias depois, em São Paulo. Um dia depois de se contundir no ombro direito durante a partida do Milan contra a Udinese, em Údine, pela última rodada do Campeonato Italiano, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou em seu site, no início da tarde desta segunda-feira, o corte do jogador deste dois jogos preparatórios para a Copa América, que será em julho, na Argentina.

AE, Agência Estado

23 de maio de 2011 | 14h50

No empate sem gols do Milan contra a Udinese, Alexandre Pato machucou o ombro em um lance aos 26 minutos do segundo tempo e precisou deixar o campo de maca. De acordo com o médico do Milan, pouco depois do atendimento em campo neste domingo, o brasileiro não sofreu fratura e nem precisará passar por cirurgia, mas deverá ficar afastado por "pelo menos um mês".

Na semana passada, o atacante foi convocado pelo técnico Mano Menezes para os amistosos contra Holanda e Romênia. O treinador definiu uma lista de 28 atletas, da qual sairá os 22 escolhidos para a Copa América. A única exceção é o meia Paulo Henrique Ganso, que não foi chamado, mas poderá ganhar uma vaga se estiver recuperado de lesão. No entanto, a CBF não informa se Alexandre Pato está fora também da competição na Argentina.

Esta não é a primeira vez que o jogador se machuca antes de uma partida da seleção. Em novembro do ano passado, ele foi vetado de última hora para o amistoso contra a Argentina, no Catar - vitória dos argentinos por 1 a 0. Na ocasião, o atacante sofrera uma lesão muscular na coxa esquerda durante um jogo do Milan pelo Campeonato Italiano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.