Lesões preocupam Alemanha para últimos amistosos

O técnico Jürgen Klinsmann ainda não sabe se poderá contar com o meia Michael Ballack e o zagueiro Robert Huth para o amistoso desta terça-feira, contra o Japão, em Leverkusen. Ballack é o maior problema: ele não entrou em campo neste domingo, e só realizou treinos físicos com os jogadores que participaram neste sábado do amistoso contra Luxemburgo, que a Alemanha venceu por 7 a 0."Ainda é cedo para dizer se Ballack pode jogar, porque ele melhorou, mas ainda está sentindo dores", disse o assistente Joachim Löw. Ballack sofreu uma lesão muscular durante um jogo-treino, na quinta-feira, e a prioridade é tê-lo em campo no jogo de abertura da Copa, no dia 9, em Munique, contra a Costa Rica.Huth sofreu uma contusão no tornozelo no jogo contra Luxemburgo. "Aparentemente, não é nada de dramático", disse Löw. Neuville, que saiu reclamando de dores musculares, não preocupa. Outro problema é o lateral-esquerdo Lahm, que sofreu uma cirurgia no cotovelo, e só deve ter condições de jogo contra a Costa Rica.Para Löw, os amistosos da Alemanha, contra Japão e Colômbia, em Mönchengladbach, serão bem diferentes do que a partida contra Luxemburgo. "São adversários de outro calibre, mas tenho certeza de que teremos um bom desempenho. Os jogadores cresceram muito aqui em Genebra", explicou o assistente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.