Levir admite atuação ruim e diz que Fluminense não merecia classificar

O técnico Levir Culpi reconheceu que o Fluminense não mereceu se classificar à decisão do Campeonato Carioca no último domingo, quando perdeu por 1 a 0 para o Botafogo, em Volta Redonda, pelas semifinais. O treinador reclamou de um suposto pênalti não marcado em Fred, que teria sido cometido por Bruno Silva, mas admitiu a atuação ruim da sua equipe, minimizando, assim, o erro do árbitro Rodrigo Carvalhaes de Miranda.

Estadão Conteúdo

25 de abril de 2016 | 10h10

"É difícil dizer, mas fizemos muito pouco para vencer a partida. No primeiro tempo, o Botafogo foi muito mais consistente, principalmente na marcação e na distribuição de jogo. Tivemos alguns lances também. Mas contra o Fluminense sempre tem a questão da arbitragem. Houve um pênalti claro que não foi marcado. Eu só não lamento muito mais porque de 95 minutos nós só jogamos de 15 a 20 minutos um bom jogo, o que é muito pouco para pensar em vitória", afirmou Levir.

A eliminação no Campeonato Carioca se deu poucos dias após o Fluminense conquistar o título da Copa da Primeira Liga, a Sul-Minas-Rio, com uma vitória por 1 a 0 sobre o Atlético Paranaense, na última quarta-feira. Por isso, Levir tentou evitar apontar que a eliminação no torneio estadual foi uma decepção.

"Ganhamos alguns jogos quase que da mesma maneira. A bola entrou e nós vencemos. Então, não dá para reclamar muito, faz parte do jogo. Não podemos ficar muito eufóricos na vitória e também não pode ficar completamente derrotado quando o time perde", disse.

Fora do Campeonato Carioca, o Fluminense aguarda a CBF definir as datas dos confrontos com a Ferroviária pela segunda fase da Copa do Brasil. Já a estreia no Brasileirão vai ser diante do América Mineiro, fora de casa, no fim de semana dos dias 14 e 15 de maio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.