Levir comemora 'goleada' de 1 a 0 em jogo difícil para o Atlético-MG

As dificuldades enfrentadas pelo Atlético Mineiro para superar o Figueirense na noite de sábado, no Independência, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, levaram o técnico Levir Culpi a classificar o placar de 1 a 0, definido com o pênalti convertido por Lucas Pratto, como uma "goleada". O treinador elogiou a atuação da equipe catarinense, mas também avaliou que a sua equipe mereceu o resultado positivo, destacando a alta produção ofensiva do time.

Estadão Conteúdo

26 de julho de 2015 | 10h13

"Eu estava brincando com os jogadores no vestiário, dizendo que foi uma vitória de goleada. A gente precisa valorizar pela maneira como foi. O jogo foi duríssimo, o Figueirense com um time muito bem colocado em campo, defensivamente e fisicamente, e ainda criando oportunidades em alguns contra-ataques. Mas nós também criamos muitas situações, tivemos duas bolas na trave, dois chutes bonitos. Então, o jogo foi bonito, interessante, emocionante", analisou.

A vitória manteve o Atlético-MG na liderança do Campeonato Brasileiro, agora com 32 pontos, três a mais do que o Corinthians e com oito gols de saldo a mais do que o time paulista, que entrará em campo neste domingo para encarar o Coritiba, fora de casa, no complemento da 15ª rodada.

Levir, porém, já pensa no próximo compromisso e espera que a torcida atleticana volte a lotar o Mineirão na quarta-feira, quando o time vai enfrentar o São Paulo. "A gente precisa comemorar essa vitória e, agora, na quarta-feira, vamos novamente fazer recorde de público lá no Mineirão e ir para cima do São Paulo", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.