Bruno Cantini/Divulgação
Bruno Cantini/Divulgação

Levir Culpi cita azar no Atlético-MG e confirma Terans como titular

Técnico lamenta gols fortuitos sofridos pelo time e cobra foco na preparação para enfrentar o Grêmio

Estadão Conteúdo

02 Novembro 2018 | 20h02

O técnico Levir Culpa creditou, em parte, a má fase do Atlético Mineiro ao azar pelo qual a equipe passou em alguns momentos no Campeonato Brasileiro. Sem vencer desde a 27.ª rodada, a equipe mineira viu a aproximação de Santos e Atlético-PR na tabela de classificação e, por isso, a vaga no G6 está ameaçada.

"Temos sete jogos pela frente até o fim do ano, o mais importante é vencer", disse o técnico após treino nesta sexta-feira, na Cidade do Galo, em Belo Horizonte. "Vocês lembram bem o gol que o Atlético-MG tomou contra a Chapecoense? A bola bateu no cara e entrou na gaveta. Contra o Ceará também, a defesa foi tirar, bateu no jogador e entrou" comentou Levir Culpi.

O Atlético-MG perdeu as duas partidas citadas pelo treinador, por 1 a 0 para a Chapecoense, ainda com Thiago Larghi à frente do time, e por 2 a 1 para o Ceará, já com Levir Culpi no comando. Além da troca de técnico, efetuada há duas semanas e meia, o clube demitiu o diretor de futebol Alexandre Gallo, há dois dias, e agora a função será exercida pelo ex-atacante Marques até o fim do ano.

Para o duelo contra o Grêmio, que está em quinto lugar no Brasileirão, apenas três pontos à frente, Levir Culpi vai promover a entrada do meia uruguaio David Terans, no lugar do suspenso Luan. O técnico, porém, diz que sabe pouco a respeito do jogador.

"Não o conheço bem. Alguns jogadores eu não conheço bem. Preciso dar oportunidades para que eles mostrem, para eu saber do potencial. Mas, tecnicamente, o currículo do cara, é tranquilo. É só colocar para jogar. Eles têm currículo, são ótimos jogadores, têm passado já. Só espero que eles desencantem, que aproveitem a chance", afirmou Levir Culpi.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.