Levir Culpi é o novo técnico do Atlético-PR

Depois de duas derrotas humilhantes na abertura do Campeonato Brasileiro - para o São Paulo, por 1 a 0, jogando meia hora com dois jogadores a mais; e para o Figueirense, em casa, por 3 a 0, também com um jogador a mais durante todo o segundo tempo -, a diretoria do Atlético Paranaense apresentou hoje o técnico Levir Culpi, que deve comandar a equipe pelo restante da competição. "Vamos partir para grandes vitórias", prometeu. Levir pediu demissão do Botafogo domingo, depois da derrota por 2 a 0 para o Santos. Coincidentemente, Botafogo e Atlético Paranaense, respectivamente último e penúltimo colocados do campeonato, são os únicos que ainda não somaram nenhum ponto. O novo treinador atleticano estará no Mangueirão, em Belém, amanhã, para ver o jogo do Atlético contra o Paysandu. Domingo, ele dirige o time no clássico regional contra o Coritiba. Esta é a segunda vez que o curitibano Levir Culpi treina o Atlético. Quando estreou como técnico em campeonatos brasileiros, em 1986, ele estava à frente do time paranaense, que terminou na 18ª colocação. Levir ocupa o lugar de Lio Evaristo, treinador dos juniores, que foi chamado apenas para o jogo de amanhã, após a demissão de Júlio Piza na segunda-feira. Ambos sabiam que estavam interinamente no cargo, depois que Mário Sérgio deixou o Atlético ao perder o Campeonato Paranaense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.