Levir Culpi justifica recusa ao Santos

O técnico Levir Culpi justificou nesta terça-feira a sua recusa ao convite para substituir Oswaldo de Oliveira no comando do Santos. Segundo ele, o trabalho no Cruzeiro está apenas começando e não é hora de sair do clube."Não é o momento. A situação que nós temos aqui é excelente. Estamos felizes aqui e queremos dar continuidade ao trabalho", explicou Levir. "O problema é que nós estamos com apenas 13 jogos, iniciando um trabalho no Cruzeiro. Eu me sinto muito bem aqui. Estamos em fase de formação da equipe. E você ainda tem no sábado o início de um quadrangular que vai decidir o título mineiro. Então, é uma situação ruim de interromper."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.