Jeferson Guareze/ Agif/ Estadão Conteúdo
Jeferson Guareze/ Agif/ Estadão Conteúdo

Levir Culpi lamenta empate e problemas na finalização do Fluminense

Resultado manteve o time carioca no G-6 do Brasileirão

O Estado de S.Paulo

24 Outubro 2016 | 09h32

O técnico Levir Culpi culpou problemas na finalização do time do Fluminense pelo empate por 1 a 1 com o Coritiba, no Couto Pereira, no domingo. O resultado manteve o time carioca fora do G-6, que dá vaga na próxima edição da Copa Libertadores.

"Se puder responder em uma palavra o que faltou para o Fluminense, escolho finalização. Pecamos muito. Não fomos bem nesse fundamento", reclamou o treinador. "Fizemos o que deveria fazer no jogo. Só faltou a finalização."

Para Levir, o Fluminense desperdiçou chance preciosa de somar três pontos diante de um adversário que ainda tenta escapar do rebaixamento. "Eu sinto isso. Era uma possibilidade. A situação do Coritiba era difícil. Mas não tem ninguém morto no campeonato. Todos os times são muito parecidos. Não houve capacidade de colocar a bola para dentro. Jogamos o suficiente para vencer, mas faltou o gol", comentou.

Apesar do tropeço, o treinador manteve a confiança na vaga no G6. Mas pediu "união" para recuperar a equipe na tabela. "Vai depender do nosso desempenho de agora em diante. Temos de vencer o Vitória em casa. Se a gente não estiver juntos, ficará mais difícil. Se houver união, a chance é muito boa", pregou o treinador.

Com 47 pontos, o Fluminense ocupa a nona colocação da tabela. Está a dois pontos do Corinthians, que é o atual sexto colocado. Na sexta-feira, o Flu volta a campo para encarar o Vitória, em seu retorno ao Maracanã, pela 33ª rodada do Brasileirão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.