Claudio Reyes/AFP
Claudio Reyes/AFP

Levir Culpi reclama de 'falta de espírito' em derrota do Atlético-MG

Após o revés diante do Colo Colo, treinador critica postura apática da equipe em campo: 'Não encarnamos o espírito da Libertadores'

Estadão Conteúdo

19 de fevereiro de 2015 | 08h57

O técnico Levir Culpi não deixou o gramado do Estádio Monumental de Santiago na noite da última quarta-feira insatisfeito apenas com a derrota do Atlético-MG para o Colo-Colo por 2 a 0. O comportamento apático da equipe brasileira também irritou bastante o treinador, que reclamou da "falta de espírito" de seus comandados em uma competição como a Libertadores.

"São jogos especiais, país contra país. Nós não encarnamos o espírito da Libertadores. O que me surpreendeu foi nossa falta de espírito. Nos jogos da Libertadores, o mandante realmente manda. Os jogos que você consegue vencer fora são épicos. Você tem que dar o empenho mais do que o normal. O confronto é maior do que no regional e no Brasileiro. Temos que encarnar esse espírito. Ainda não entramos na Libertadores", declarou.

Já pensando na sequência da temporada e na próxima partida pelo torneio, contra o Atlas, em casa, na próxima quarta-feira, Levir avaliou o que de positivo apresentou a equipe. Para ele, o primeiro tempo vinha sendo bom até o frango levado por Victor, que deu a vantagem no placar ao Colo-Colo.

"Eu diria que o primeiro tempo foi bom, equilibrado, tivemos oportunidades para fazer. Eu esperava mais movimentação no segundo. Não sei se foi o gol que tirou um pouco a confiança dos jogadores, mas achei que o espírito foi fundamental. Não é esse o espírito da competição", analisou.

Já o volante Leandro Donizete exibiu bem mais frustração, criticou duramente a atuação atleticana e até perdeu a cabeça ao avaliá-la. "Não tivemos posse de bola. Quando saía para o contra-ataque, errava muito passe. Foi horrível. A gente se preparou tanto para fazer um grande jogo e fez essa m... aí", disparou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.