Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Levir Culpi também recusa o Santos

O Santos está encontrando dificuldades para contratar o substituto de Oswaldo de Oliveira, demitido na segunda-feira. Três treinadores já admitiram terem sido convidados pela diretoria santista, mas todos recusaram a oferta. Paulo Autuori, na seleção peruana, e Nelsinho Baptista, no futebol japonês, foram os primeiros a dizer não. E agora foi a vez de Levir Culpi, que preferiu continuar no Cruzeiro.Segundo o vice-presidente do Cruzeiro, Zezé Perrella, Levir recebeu o convite nesta terça-feira e comunicou imediatamente a diretoria do clube mineiro, descartando a transferência. "O Levir disse que está satisfeito e feliz no Cruzeiro e vai dar continuidade ao seu trabalho. Não houve interesse dele em treinar o Santos", garantiu Zezé Perrella.O diretor de futebol do Cruzeiro, Eduardo Maluf, também confirmou o convite do Santos ao treinador e classificou o episódio como "assunto encerrado". "Ele (Levir) vê isso como uma coisa normal, não tem o interesse de sair, está feliz aqui. Achou por bem continuar e nós achamos por bem continuar com ele", explicou.Segundo Zezé Perrella, a atitude de Levir Culpi foi tomada com o objetivo de "evitar um mal-estar" no clube. "Quem quer sair não comunica, só paga a multa e vai embora", revelou o dirigente.Contratado no final do ano passado, após levar o Atlético-PR ao vice-campeonato brasileiro, Levir Culpi está no comando do Cruzeiro pela terceira vez na carreira e possui um bom relacionamento com a diretoria. Caso decidisse rescindir seu contrato, ele seria obrigado a pagar uma multa ao clube de 50% do valor que tem a receber até dezembro.Com mais essa recusa, as opções do Santos começam a ficar restrita e um nome ganha cada vez mais força na Vila Belmiro: Tite, que está desempregado desde que deixou o Corinthians.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.