Levir Culpi vê justiça no empate atleticano em partida 'sem sal'

Mesmo enfatizando que faltou finalização, técnico do time mineiro acredita que seus jogadores se comportaram bem na parte tática

Estadão Conteúdo

10 de outubro de 2014 | 10h02

O técnico Levir Culpi admitiu certa frustração com o empate do Atlético Mineiro por 0 a 0 com o Fluminense, quinta-feira, no Maracanã, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador avaliou o resultado como normal, mas também admitiu que seu time fez uma partida "sem sal", com poucas emoções e oportunidades de gol.

"O resultado de 0 a 0 é sem sal, mas, como as duas equipes são equivalentes, acabou sendo normal. Faltou finalização, tivemos oportunidades para matar e o Fluminense também. Mas gostei da parte tática, do posicionamento dos jogadores", analisou o treinador atleticano.

Diante do Fluminense, Levir escalou o time com apenas um volante, mas mesmo assim o Atlético-MG não foi muito efetivo no setor ofensivo, tanto que seus atacantes ficaram várias vezes em impedimento, como lamentou o treinador, e pouco ameaçaram o goleiro Diego Cavalieri.

"Tivemos muitos problemas durante o jogo, mas sabíamos que a zaga do Fluminense jogava bem adiantada. Falhamos um pouquinho nesse caminho para obter a vitória", completou Levir.

Agora fora do G4, grupo de times que se classificam para a próxima Libertadores, o Atlético-MG está em sexto lugar no Campeonato Brasileiro, com 44 pontos. O time volta a entrar em campo no próximo domingo, quando vai enfrentar o São Paulo, no Independência, pela 28ª rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.