Bruno Cantini/Divulgação
Bruno Cantini/Divulgação

Levir Culpi volta a escalar Atlético-MG no 4-4-2 em treino

Durou apenas uma partida a opção pelo 3-5-2 na equipe

AE, Agência Estado

15 de maio de 2014 | 19h25

BELO HORIZONTE - Durou apenas uma partida a mudança do Atlético-MG para o esquema 3-5-2. O técnico Levir Culpi parece não ter ficado satisfeito com a escalação que foi a campo na vitória de virada sobre o Cruzeiro, por 2 a 1, no domingo, e nesta quinta-feira voltou a testar o time no 4-4-2. Pior para o zagueiro Edcarlos, que com a alteração perdeu a vaga entre os titulares.

Com isso, o Atlético-MG deve ter mudanças para a partida diante do Santos, neste domingo, na Arena Pantanal, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Com a volta do esquema 4-4-2, Rosinei ganhou uma vaga entre os titulares e deve estar entre os 11 que vão a campo.

Outro que deve entrar na equipe é o jovem meia Marion. Destaque na vitória sobre o Cruzeiro, na qual marcou o primeiro gol, o jogador treinou entre os titulares na vaga de Diego Tardelli, contundido.

As lesões, aliás, têm sido um grande problema para o Atlético-MG. A equipe tem um time quase completo, apenas sem o goleiro, de atletas no departamento médico: Marcos Rocha, Emerson, Réver, Pedro Botelho, Lucas Cândido, Guilherme, Ronaldinho Gaúcho, Neto Berola, Jô e Luan.

Em meio a tantos problemas, Levir Culpi deve escalar o time no domingo com: Victor; Alex Silva, Leonardo Silva, Otamendi e Emerson Conceição; Pierre, Leandro Donizete, Rosinei e Marion; Fernandinho e André. Cesar entrou no lugar de Rosinei durante o treino e pode ser a surpresa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoAtlético-MG

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.