Bruno Cantini/Divulgação
Bruno Cantini/Divulgação

Levir destaca 'faro de gol' de Lucas Pratto em vitória do Atlético-MG

Treinador também exaltou que seus jogadores superaram a falta de ritmo diante do time ucraniano Shakhtar Donetsk na vitória por 4 a 2

Estadão Conteúdo

22 de janeiro de 2015 | 12h05

O técnico Levir Culpi aprovou a atuação do Atlético-MG no seu primeiro compromisso em 2015. Na noite de quarta-feira, a equipe derrotou o ucraniano Shakhtar Donetsk por 4 a 2, em amistoso disputado no Estádio Independência, e o treinador destacou que seus jogadores superaram a falta de ritmo e um adversário qualificado.

"Foi o nosso primeiro jogo. Treinamos apenas 45 minutos em campo inteiro durante a semana e vamos levar em consideração também o elenco do Shakhtar, que é muito bom e tem ótimos jogadores", avaliou o treinador atleticano.

Levir destacou que o aspecto físico foi a principal dificuldade para o seu time, que abriu 3 a 0 ainda no primeiro tempo, marcou o quarto gol no começo da etapa final e acabou sendo vazado duas vezes nos últimos minutos do amistoso.

"O time foi bem para uma primeira apresentação, mais ou menos o que eu esperava. Os jogadores sentiram um pouco a parte física, o que é muito normal, ainda deverão sentir por uns dois ou três jogos, e teve o reencontro com a torcida, que foi muito legal. Enfim, o próximo jogo já é pelo Campeonato Mineiro, a responsabilidade aumenta e assim vai", completou o treinador.

O jogo marcou a estreia de Lucas Pratto pelo Atlético-MG. E o argentino, que foi contratado junto ao Vélez Sarsfield, marcou o primeiro gol do amistoso, arrancando elogios de Levir, que destacou o faro de gol do atacante.

"É um jogador de base, que protege muito bem a bola e tem um faro de gol impressionante. Não é à toa que foi considerado o melhor jogador da Argentina no ano passado. De modo geral, é um jogador efetivo, vamos contar com ele e tomara que ele seja feliz aqui como foi na Argentina", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético-MGLevir Culpi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.