Bruno Cantini/Divulgação
Bruno Cantini/Divulgação

Levir exalta Giovanni Augusto: 'Destaque do campeonato'

Meia do Atlético-MG ganha elogios na reta final do Brasileiro

Estadão Conteúdo

10 de outubro de 2015 | 19h30

O técnico do Atlético Mineiro, Levir Culpi, comemorou a pausa de dez dias no Campeonato Brasileiro para trabalhar melhor o elenco antes da partida contra o Internacional, quarta-feira, às 19h30, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em entrevista coletiva, o treinador também aproveitou para destacar a importância do meia Giovanni Augusto para o time.

"Tecnicamente, é um dos destaques do campeonato no meu modo de entender. Ele tem essa facilidade de finalização, visão de jogo, passe. É um cara que pode desequilibrar o jogo. Ele melhorou a movimentação e isso deu mais estabilidade para ele. É jovem ainda, tem muita coisa pela frente, mas é um jogador importantíssimo tanto no aspecto técnico como na parte tática", elogiou.

Giovanni tem presença confirmada para a próxima partida. O treinador, no entanto, terá duas baixas. O zagueiro Leonardo Silva, que se recupera de uma cirurgia na mão direita, e o meia Dátolo, que sofreu um corte na perna no jogo contra o Joinville. O jogador retirou os pontos neste sábado, mas foi descartado para a partida.

"A base será a mesma, podemos ter uma mudança ou outra, três durante o jogo. Isso que está dando certa estabilidade. Se você observar o Corinthians e o Atlético, normalmente tem uma formação com oito, nove jogadores que não muda. Isso passa um pouco de regularidade para as equipes", ressaltou o treinador.

O Atlético-MG é o vice-líder do Brasileirão, com 56 pontos, cinco atrás do líder Corinthians. A provável escalação para o jogo contra o Sport terá: Victor; Marcos Rocha, Edcarlos, Jemerson e Douglas Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca e Giovanni Augusto; Luan, Lucas Pratto e Thiago Ribeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.