Levir pede paciência contra o Marília

O técnico do Botafogo, Levir Culpi, pediu nesta quinta-feira paciência aos jogadores, que no domingo enfrentarão o Marília, a defesa menos vazada da Série B do Campeonato Brasileiro, com 11 gols sofridos. Para o treinador somente com toque de bola e persistência, o Alvinegro vai conseguir superar o bloqueio defensivo do adversário. "Precisaremos ter muita paciência e tocar a bola para que os gols possam acontecer", disse o treinador. O principal trunfo de Culpi é o de que o Botafogo possui o melhor ataque da competição, com 30 gols.Mas é no ataque a principal dúvida do técnico do Botafogo. Culpi já confirmou a escalação do atacante Leandrão, mas ainda não sabe quem será o seu companheiro: Dill ou Edivaldo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.