Levir volta atrás e reintegra Jô, André e Emerson Conceição

Levir Culpi voltou atrás da decisão tomada em novembro e decidiu reincorporar os atacantes Jô e André e o lateral-esquerdo Emerson Conceição ao elenco do Atlético-MG. Os três haviam sido afastados por indisciplina e estavam treinando separados dos outros jogadores. Eles começaram a pré-temporada junto com o resto da equipe.

Estadão Conteúdo

09 de janeiro de 2015 | 18h56

"Na apresentação, coloquei que tinha sido uma falha minha na temporada passada, mas esta é outra temporada e tivemos uma lição. Coloquei para eles que eles não foram os únicos que erraram, todos nós erramos, mas nós tivemos a sorte que ninguém ficou sabendo. É um outro tempo, outro momento e eles estão integrados ao elenco", argumentou Levir.

O treinador indicou que pode utilizá-los inclusive no time titular: "Estão integrados ao elenco e todo jogador pode ser titular. Dependendo do desempenho deles, podem, sim. São bons atletas e boas pessoas".

Levir, porém, ainda espera por uma decisão definitiva da diretoria do Atlético, que não se pronunciou sobre o reaproveitamento dos três jogadores. A direção, porém, já indicou que não deve se opor. Os três, no entanto, ainda estão proibidos de falar com a imprensa.

Apesar de o Atlético só ter confirmado até agora as contratações do meia Giovanni Augusto (ex-Figueirense) e do atacante Lucas Pratto (ex-Vélez Sarsfield), Levir destacou que pretende contar com um elenco maior.

"É muito importante que tenhamos um elenco um pouco maior, com jogadores de qualidade. Não adianta ter só 11 titulares, mas, sim, aproximadamente 18 ou 20. Vai ter de haver muito profissionalismo, muita união no grupo. Esse jogo de estratégia tem de ser entendido por todos, senão o clima fica ruim. Vamos precisar ter um elenco maior porque vai ser necessário."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.