EFE/EPA/Leszek Szymanski
EFE/EPA/Leszek Szymanski

Lewandowski diz que história com Bayern de Munique acabou e reforça pedido de transferência

Artilheiro polonês será um dos atletas mais cobiçados na próxima janela de transferências, que abre no dia 10 de junho

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de maio de 2022 | 13h22

O atacante Robert Lewandowski praticamente se despediu do Bayern de Munique nesta segunda-feira em um discurso sem meias palavras. O jogador polonês afirmou que sua "história" com o clube alemão "acabou". Mas o artilheiro, que será cobiçado na próxima janela de transferências, não informou qual será o seu destino para a próxima temporada europeia.

"Uma coisa é certa: minha história com o Bayern de Munique acabou e, depois de tudo o que aconteceu nos últimos meses, eu não consigo imaginar uma boa colaboração entre as partes no futuro. Tenho consciência de que a transferência será a melhor solução para ambos os lados", declarou o atacante.

Lewandowski, alvo de rumores sobre possível transferência para o Barcelona, ainda tem mais um ano de contrato com o clube alemão. "Acredito que o Bayern não vai impedir de sair apenas porque tem o poder para tanto", afirmou o jogador, em entrevista coletiva da seleção da Polônia, dois dias antes do jogo contra o País de Gales, pela Liga das Nações da Uefa.

A saída de Lewandowski vem sendo especulada com força nos últimos meses. O próprio jogador já havia colocado em dúvida sua permanência no clube em entrevistas recentes. Ao mesmo tempo, seu empresário, Pini Zahavi, vinha dando declarações sobre uma possível negociação com o Barcelona, que ainda busca um jogador de referência para a equipe desde a saída de Lionel Messi ao fim da temporada retrasada.

O agente já afirmou publicamente que a negociação com o time espanhol envolve um contrato de três anos. Mas que o acerto está sendo barrado pela diretoria do Bayern, insatisfeita com a saída do artilheiro. O clube insiste que o jogador deve cumprir seu contrato até o fim, sem ceder brechas para transferências.

Lewandowski é um dos maiores artilheiros da história recente do futebol europeu. No Campeonato Alemão, foram 312 gols em 384 partidas, tanto pelo Bayern quanto pelo Borussia Dortmund, seu time anterior. Na última temporada, o atacante anotou 35 gols em 34 partidas e se tornou artilheiro do Alemão pela quinta temporada consecutiva, e a sétima no geral. No ano passado, ele fez história ao quebrar o recorde de gols em apenas uma edição do Alemão, com 41 gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.