Kirill Kudryavtsev/ Reuters
Kirill Kudryavtsev/ Reuters

Lewandowski passa em branco e Polônia perde da Eslováquia na estreia da Eurocopa

Seleção polonesa joga com um a menos durante boa parte do segundo tempo

Redação, Estadão Conteúdo

14 de junho de 2021 | 16h25

O centroavante Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, passou em branco em sua primeira partida como melhor jogador do mundo em uma competição oficial pela Polônia. Na estreia pela Eurocopa, pelo Grupo E, a seleção polonesa foi derrotada pela Eslováquia por 2 a 1, nesta segunda-feira, no estádio Krestovsky, em São Petersburgo, na Rússia.

O resultado é péssimo para as pretensões da Polônia na Eurocopa, já que o próximo jogo será contra a seleção da Espanha, uma das favoritas ao título, na casa dos rivais, no estádio Olímpico La Cartuja, em Sevilha, neste sábado. Um dia antes, novamente em São Petersburgo, a Eslováquia tentará ficar mais perto da classificação às oitavas de final contra a Suécia.

Os eslovacos dominaram o primeiro tempo e saíram na frente com um gol contra do goleiro polonês Szczesny, que atua na Juventus. A Polônia voltou melhor na etapa final e empatou logo no primeiro lance com Linetty. Após expulsão de Krychowiak, aos 16 minutos, a Eslováquia garantiu a vitória com o gol de Skriniar.

Apesar de a Polônia ter tido maior posse de bola e ter criado algumas boas oportunidades na partida, Lewandowski teve atuação discreta. O jogador passou a maior parte do tempo cercado pelos defensores adversários e não teve uma grande chance de marcar. Quando dominou próximo da área ofensiva, arriscou alguns chutes, mas sem levar perigo.

Os poloneses tiveram poucas oportunidades no primeiro tempo. Com 17 minutos de jogo, a Eslováquia chegou ao seu gol. Em boa jogada individual, Mak deu uma caneta em Berezynski, conduziu até a área, acertou a trave e contou com a sorte para a bola bater nas costas de Szczesny e entrar.

Na volta do intervalo, com menos de 30 segundos de jogo, a Polônia igualou o marcador. Rybus tocou para Linetty, que finalizou para o fundo das redes. Contudo, o bom início da equipe foi interrompido após Krychowiak levar o segundo cartão amarelo e ser expulso.

Os eslovacos aproveitaram a superioridade numérica e voltaram a ficar na frente do placar, aos 22 minutos, com gol de Skriniar. Em desvantagem novamente, os poloneses tentaram chegar ao empate aproveitando jogadas de bola de parada, mas não conseguiram evitar a derrota.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.