Bayern FC
Bayern FC

Lewandowski recebe a Chuteira de Ouro, mas exalta Messi e Cristiano Ronaldo

Aos 33 anos, artilheiro está confiante em continuar a jogar em alto nível por mais alguns anos

Redação, Estadao Conteudo

21 de setembro de 2021 | 13h56

O polonês Robert Lewandowski, atacante do Bayern de Munique, recebeu nesta terça-feira, 21, o troféu Chuteira de Ouro e aproveitou para rejeitar quaisquer tipo de comparações com o português Cristiano Ronaldo, do Manchester United, e o argentino Lionel Messi, do Paris Saint-Germain.

"Disputo comigo mesmo. O que eles dois fizeram é algo que, talvez, não voltará a acontecer", disse o atleta, ao ser comparado aos dois astros durante entrevista coletiva. Lewandowski foi autor de 41 gols na temporada 2020/2021 do Campeonato Alemão, superando a marca de 40 do lendário Gerd Müller, obtida há 49 anos.

"Concentro-me apenas naquilo que posso render. Isso é algo que exige trabalho e respeito", acrescentou o "matador". Sobre a possibilidade de deixar o Bayern, Lewandowski não deixou dúvidas. "Há anos que me perguntam isso, mas não tenho nada em mente. Jogo contra essas equipes na Liga dos Campeões, e aí podemos mostrar o nosso nível diante deles."

Aos 33 anos, o artilheiro está confiante em continuar a jogar em alto nível por mais alguns anos. "A minha experiência é valiosa. Fisicamente, sinto-me bem. Os meus exames médicos são ótimos. Isto quer dizer que o meu corpo ainda me permite jogar alguns anos neste nível."

Pelos 41 gols no Campeonato Alemão, Lewandowski somou 82 pontos. Lionel Messi, pelo Barcelona, anotou 30 gols (60 pontos) e Cristiano Ronaldo, na Juventus, fez 29 (58 pontos). A pontuação tem como base a liga em que o jogador atua. Os cinco principais campeonatos do continente - Bundesliga, Premier League, La Liga, Ligue 1 e Serie A - contam com dois pontos para cada gol marcado. As demais competições europeias têm índices de 1,5 e 1 ponto.

Lewandowski mantém a pontaria afinada e já anotou 14 gols em dez jogos. Foram: sete na Bundesliga (em cinco jogos), dois na final da Supertaça alemã, dois na primeira rodada da Liga dos Campeões e três em três jogos da seleção polonesa nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo do Catar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.