Bernd Thissen/ Reuters
Bernd Thissen/ Reuters

Lewandowski se surpreende com própria fase goleadora e sonha com a Bola de Ouro

Artilheiro do Bayern de Munique admite que 'nunca havia marcado tantos gols na carreira' e se coloca como um dos principais concorrentes ao prêmio

Redação, Estadão Conteúdo

03 de novembro de 2021 | 13h08

Se Lionel Messi e Cristiano Ronaldo ainda não embalaram na temporada europeia, Robert Lewandowski mostrou na terça-feira que segue em forte ritmo em todas as competições que disputa. O atacante polonês vem, semana após semana, se cacifando como o grande nome para a conquista da Bola de Ouro, prêmio que ainda não tem em seu vasto currículo.

O jogador do Bayern de Munique é o atual dono do título de melhor do mundo, por ter vencido o The Best, honraria concedida pela Fifa em dezembro do ano passado. Nos últimos anos, a premiação se desvinculou da Bola de Ouro, entregue pela revista francesa France Football. E, em 2020, a publicação cancelou seu prêmio por conta da pandemia de covid-19.

Lewandowski era o grande favorito por ter liderado o Bayern na conquista de seis títulos num intervalo de apenas um ano. Seus 55 gols levaram a equipe a conquistar o Campeonato Alemão, a Copa da Alemanha, a Liga dos Campeões e o Mundial de Clubes. O polonês acabou ficando "apenas" com o prêmio da Fifa.

A temporada agora é outra, mas o atacante segue como grande favorito, status que mantém graças a atuações como a de terça-feira, na goleada do Bayern sobre o Benfica por 5 a 2, pela Liga dos Campeões. Lewandowski anotou três gols e deu uma assistência. A inspirada performance apenas confirmou sua boa fase.

O atacante domina a artilharia na Europa. Tem o maior número de gols na própria competição europeia (8 em quatro partidas), no Campeonato Alemão (12 em 10 rodadas) e está à frente dos respectivos artilheiros dos demais grandes torneios nacionais. O egípcio Mohammed Salah, por exemplo, é o maior goleador do Campeonato Inglês no momento, com 10 gols. Karim Benzema e Ciro Immobile lideram na Espanha e Itália, com nove gols cada. E, na França, soma oito.

O próprio atacante polonês se surpreende com sua grande fase. "Nunca havia imaginado que disputaria tantos jogos e marcaria tantos gols, com tantas assistências", afirmou o jogador, após o show de terça-feira. Com o desempenho, chegou aos 81 gols na Liga dos Campeões.

"Seus números são impressionantes. Agora estamos todos esperando ele alcançar os 100 gols na Liga dos Campeões. Talvez não aconteça neste ano, isso seria bem difícil. Mas, com certeza, vai acabar atingindo esta marca", disse o técnico do Bayern, Julian Nagelsmann.

Lewandowski chegou aos 81 gols em 100 partidas, superando Messi e Cristiano Ronaldo. O argentino tinha 77 gols em 100 jogos disputados na competição europeia. O português somava 64. Ambos dominam a artilharia geral da Liga, com 123 e 139 gols, respectivamente. Aos 33 anos, o polonês tem chances remotas de alcançar estas cifras.

Mas sua consistência ao longo das últimas temporadas pode fazer o torcedor do Bayern seguir sonhando, ao menos com o título da Liga e com a Bola de Ouro. Na temporada 2018-2019, o atacante marcou 40 gols. Na temporada seguinte, esse número aumentou para 49. Na última, foram 55. E, na atual, já são 22.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.