Omar Torres/AFP
Omar Torres/AFP

Dispensa de Luciano da seleção será estudada pelo Corinthians

Atacante foi convocado para o time olímpico

Raphael Ramos, O Estado de S.Paulo

18 de agosto de 2015 | 07h00

Com Luciano em ótima fase, Tite vai conversar com a diretoria do Corinthians para discutir pedido de liberação do atacante da seleção brasileira olímpica que disputará amistoso com a França no dia 8 de setembro, em Le Mans. Se viajar com a seleção, Luciano ficará de fora de três partidas do Campeonato Brasileiro: contra Fluminense, Palmeiras e Grêmio, nos dias 2, 6 e 9 de setembro, respectivamente.

Na segunda-feira, o atacante afirmou que está à disposição do clube e tomará a decisão que a diretoria mandar. “Meu foco é o Corinthians. O que eles decidirem vai ser o melhor para mim”, disse.

Há, no entanto, o temor de Luciano não voltar a ser convocado por Dunga se pedir dispensa agora. O atacante vive a melhor fase da carreira e foi artilheiro da seleção sub-22 que conquistou a medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Toronto. Luciano marcou cinco gols em quatro partidas.

A preocupação de Tite em ficar sem Luciano é porque o atacante vem sendo decisivo e é graças aos gols dele que o Corinthians é o líder isolado do Campeonato Brasileiro. Nas últimas três rodadas, ele balançou as redes cinco vezes e a equipe somou sete pontos, ultrapassando o Atlético-MG na briga pela ponta da tabela.

Nos jogos contra Fluminense, Palmeiras e Grêmio, o treinador também já não poderá contar com o volante Elias, convocado para a seleção principal para os amistosos contra Costa Rica e Estados Unidos, nos dias 5 e 8 de setembro.


Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.