Érico Leonan/Divulgação
Érico Leonan/Divulgação

Liberado para viagem, Osorio fica fora de treino do São Paulo

Técnico colombiano foi ao Paraguai ver a semifinal da Libertadores

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

22 de julho de 2015 | 11h37

O São Paulo se reapresentou nesta quarta-feira no CT da Barra Funda e treinou sem a presença do técnico Juan Carlos Osorio. O colombiano foi liberado pela diretoria para viajar até o Paraguai, onde na noite de terça-feira acompanhou a semifinal da Copa Libertadores entre Guaraní e River Plate. De acordo com o clube, o treinador retorna ainda nesta quarta para o Brasil para retomar as suas atividades no comando.

Osorio pediu a autorização do São Paulo para embarcar até Assunção e esteve no Estádio Defensores del Chaco, onde a equipe argentina empatou por 1 a 1 com o Guaraní e confirmou a classificação para a final da Libertadores. Na última terça, o elenco teve folga e só se reapresentou nesta quarta, quando treina em dois períodos. Pela manhã, o auxiliar Luis Pompilio Paes comandou um trabalho técnico em campo reduzido.

O treinador colombiano foi expulso no último domingo, na derrota por 2 a 0 para o Sport, e não poderá comandar a equipe em campo na próxima rodada, contra o Cruzeiro, no Morumbi. O jogo será na tarde de domingo, às 16 horas, e o coordenador técnico Milton Cruz é quem deve comandar o time do banco de reservas. Além de Osorio, vão cumprir suspensão o meia Ganso e o atacante Luis Fabiano, que também foram expulsos na Arena Pernambuco.

Mesmo perto de deixarem o São Paulo, dois atacantes treinaram junto com o elenco nesta quarta. Ewandro, de 19 anos, tem acordo encaminhado para ser emprestado ao Atlético-PR até o fim do ano que vem. Outro caso é de Jonathan Cafu, que interessa ao Ludogorets Razgrad, da Bulgária, e negocia a transferência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.